EVENTO DE LANÇAMENTO DO DOCUMENTO DE POSICIONAMENTO SOBRE ÁGUA

Evento "Disponibilidade de recursos hídricos, qualidade e governança da água", realizado no dia 17/11/15, com a apresentação do Prof. José G. Tundisi e comentários da mesa especialista: Pedro Jacobi, Juliana Cibim, Stela Goldenstein, Malu Ribeiro, Darcy Brega e prof. João Furtado.
O evento de lançamento foi extremamente rico, em termos de ideias trocadas e conteúdos compartilhados, além de ter gerado grande impacto ao público. Por isso, o Think&doTank conta com a participação de todos os interessados no tema para dar continuidade a esse encontro e diálogo inicial, por meio da realização, juntos, de planos e ações em torno do conhecimento gerado e disseminado! Envie-nos um e-mail: tdtsustentabilidade.org.br
Conheça as principais propostas do documento na apresentação digital: http://bit.ly/1GBywJF.

PRINCIPAIS MOMENTOS DO EVENTO

NAVEGUE ABAIXO PELOS CAPÍTULOS DAS APRESENTAÇÕES REALIZADAS

João Paulo Capobianco: Água é produto comercializável ou bem comum?

João Paulo Capobianco, do Instituto Democracia e Sustentabilidade (IDS), questionou nossa relação com a água e a forma como a gestão desse recurso é feita atualmente, durante o lançamento do documento de posicionamento “Disponibilidade de Recursos Hídricos, qualidade e governança da água”.

“É impossível fazer uma gestão sustentável desse recurso, vital para a natureza e para nós, seres humanos, sem que recuperemos, aprofundemos o debate em torno das questões de participação da sociedade na discussão sobre o uso desses recursos com o Estado, as empresas e as Organizações da Sociedade.” – João Paulo Capobianco

Assista à fala de Capobianco na íntegra.

 

Malu Ribeiro: sobre a desgovernança

“Desgovernança” foi o tema que embasou a fala de Malu Ribeiro, da SOS Mata Atlântica, durante o lançamento do documento de posicionamento “Disponibilidade de Recursos Hídricos, qualidade e governança da água”.

“Eu chamo atenção para nossa incapacidade de interferir nas políticas públicas, sobretudo de sermos ouvidos e trazermos resultados para garantir o mínimo de direitos que conquistamos na legislação brasileira, sobretudo na legislação ambiental.” - Malu Ribeiro

Vale a pena assistir o trecho de sua fala pelos conhecimentos técnicos e pela reflexão incitada pelo discurso incisivo e apaixonado de Malu.

 

Darcy Brega: água como produto de mercado

Tratar a água como produto de mercado e a Sabesp como uma mera empresa produtora trouxe graves consequências à sociedade, que hoje sente a falta de uma governança dos recursos hídricos mais adequada. Quem traz essa discussão e embasa com muita competência seu discurso, é Darcy Brega, engenheiro florestal, que foi um dos convidados para o debate que aconteceu no lançamento do documento de posicionamento “Disponibilidade de Recursos Hídricos, qualidade e governança da água”.

“Gerar lucro líquido atrai investidores especulativos, que geram uma sensação de uma organização saudável. Está criando e distribuindo riqueza [para acionistas e fornecedores] em tempo real e destruindo valor para os stakeholders de uma maneira geral, em particular para o cliente da companhia, de uma forma estratosférica!”

Veja a fala completa de Darcy e procure sair da “dupla cegueira” que o engenheiro cita no início de sua fala.

 

Pedro Jacobi: a nova cultura da água

Qual a reponsabilidade da sociedade perante à crise hídrica enfrentada atualmente? Pedro Jacobi, da USP, durante o lançamento do documento de posicionamento “Disponibilidade de Recursos Hídricos, qualidade e governança da água”, trouxe alguns aspectos culturais da nossa sociedade que contribuem para a manutenção do problema.

“As sociedades se tornaram, em geral, extremamente individualistas. Então, tudo aquilo que o poder público não estimula, não promove enquanto co-responsabilização, também gera uma limitação."

É importante essa discussão cultural, essa questão educativa. Nós somos uma sociedade do ‘ex post’ [depois da ocorrência], não do ‘ex ante’ [antes da ocorrência]. Ou seja, a cultura do prevenir parece que dá trabalho.”

Confira a fala completa de Jacobi no vídeo.

 

 

João Salvador Furtado: usar a crise atual para ver o futuro

Um dos idealizadores do Think&doTank é o saudoso João Salvador Furtado. No último evento que participou, o lançamento do documento de posicionamento “Disponibilidade de Recursos Hídricos, qualidade e governança da água”, Furtado ressaltou que o papel do Think&doTank “vai além de geração de conhecimento e do compartilhamento disso amplamente. Ele se propõe a reunir pessoas para que a gente possa, não só compartilhar conhecimento, mas também convocá-los para participar das iniciativas.”

Escrito por José Galizia Tundisi, o documento tem grande importância para o projeto nesse sentido:

“Entendam que esse documento não propõe uma discussão da crise atual, mas usar a crise atual para ver o futuro” – declarou o professor Furtado.

Veja a inspiradora fala de João Furtado durante o evento e junte-se a esse movimento transformador ao qual o professor convida para que todos participem.

 

 

Sessão Q&A + João Salvador Furtado, Juliana Cibim e José Galizia Tundisi

João Salvador Furtado ainda lançou um desafio durante o evento com relação aos temas tratados durante o evento:

“Nós gostaríamos que todos vocês pudessem sugerir medidas objetivas de como implementar determinadas soluções, procedimentos e ideias e a quem direcionar essas ideias. Divulgaremos todas as sugestões através do site do Think&doTank Sustentabilidade. Nós gostaremos muito de transformar algumas dessas sugestões em ações proativas, encaminhando essas propostas de resolução a quem de direito.”

A fala completa do professor Furtado, para entender melhor qual o escopo desse desafio e como participar dele, está no vídeo da sessão de perguntas e respostas, que aconteceu ao final do evento de lançamento.

 

Juliana Cibim: água como um bem comum, um bem compartilhado

Juliana Cibim, do IDS, não poderia ter usado melhores palavras para encerrar o debate que aconteceu no lançamento do documento de Posicionamento “Gestão dos Recursos Hídricos, qualidade e governança da água”. Suas palavras resumem o que nós esperamos de resultado de eventos como esse:

“A água tem que ser vista como um bem comum, um bem compartilhado, e nesse contexto, esse tema nos permite olhar para o passado como um aprendizado, olhar para o presente como um desafio, e para o futuro como a possibilidade de construir uma nova cultura.”

Para ver a fala da Juliana completa acesse o vídeo disponível abaixo.

 

José Galizia Tundisi: Nova Economia

Uma nova economia é possível no Brasil? O autor José Galizia Tundisi falou sobre como investir em Sustentabilidade traz um retorno muito mais sólido que o financeiro:

“O Brasil poderia ter uma outra economia se tivesse mais capacidade de aprofundar a gestão dos seus recursos naturais, principalmente a questão da água. Essa visão da exploração do recurso sem um investimento na Sustentabilidade é o foco do problema. O problema é que você deve visar ao lucro por investir em Sustentabilidade, e não um lucro financeiro.”

A fala completa do professor Tundisi, assim como dos outros palestrantes, pode ser assistida no vídeo completo, que ainda traz uma sessão de perguntas e respostas, realizada ao final do evento. Para saber mais sobre o documento, faça download do arquivo abaixo.

 

 

José Galizia Tundisi: seu Raimundo

José Galizia Tundisi contou uma história bastante divertida e curiosa durante o evento de lançamento do documento de posicionamento “Gestão dos Recursos Hídricos, Qualidade e Governança da Água”, de sua autoria, que nos mostra o quanto é importante valorizar os conhecimentos tradicionais e populares:

“Eu trabalhei no Brasil inteiro e quando eu chegava num lugar, tinha lá o ‘seu Raimundo’. O seu Raimundo trabalhava para mim num lago do Amazonas. O seu Raimundo morava próximo ao lago, explorava o lago, explorava a várzea. Ele olhava meus instrumentos – eu tinha um projeto para estudar esse lago... Eu ia fazer as medidas e perguntava para ele:

- Seu Raimundo, como o senhor acha que o lago está funcionando hoje? – antes de fazer as medidas.

Ele dizia para mim:

- Professor, hoje tá tudo misturado!

Eu olhava de um lado para o outro. Aí eu fazia o perfil de oxigênio e temperatura e era uma linha reta. Mas aí, chegava um dia e eu dizia:

- E hoje, seu Raimundo?

- Ah, hoje tem um lago em cima do outro.

E era batata: tinha um lago mais quente em cima e um lago mais frio embaixo.

Não sei... Ele olhava para cá e olhava para lá e sabia. Nunca errou!”

Ao contar essa história, Tundisi aproveitou para falar sobre a importância da apropriação de conhecimento sobre recursos hídricos por parte da população.

 

 

 

José Galizia Tundisi: Hardware e Software

José Galizia Tundisi ainda fez uma analogia interessante com os conceitos de Hardware e Software para explicar como podemos aprimorar, de forma sustentável, nossa capacidade de gestão dos recursos naturais durante o lançamento do documento de Posicionamento “Gestão dos Recursos Hídricos, qualidade e governança da água”.

“O Hardware são os grandes projetos de engenharia. O Software é a natureza, que levou 4 bilhões de anos para de ajustar. Precisamos desenvolver um processo de integração do software da natureza com a engenharia.”

 

 

 

DOCUMENTO DE POSICIONAMENTO

VERSÃO COMPLETA

DOCUMENTO DE POSICIONAMENTO

RESUMO EXECUTIVO

INTEGRANTES DA MESA

IIE
O Prof. Dr. José Galizia Tundisi é graduado em História Natural pela Universidade de São Paulo, com mestrado em Oceanografia…
USP
Possui graduação em Ciências Sociais (1973) e em Economia (1972) pela Universidade de São Paulo. Mestrado em Planejamento Urbano e…
SOS Mata Atlântica
Coordenadora da Rede das Águas da Fundação SOS Mata Atlântica.
IDS
Atualmente é coordenadora do curso de especialização em Governança Global e Gestão de Sustentabilidade Corporativa e professora de direito internacional…
Águas Claras
Diretora executiva da Associação Águas Claras do Rio Pinheiros e ex-secretária adjunta de Meio Ambiente do Estado de São Paulo.
engenheiro autônomo
Graduado em Engenharia Florestal pela Universidade Federal de Viçosa - UFV (1980). Cursou o programa de pós-graduação em Ciências da…